Agora que o clima da estação já se faz sentir, com chuva e queda acentuada das temperaturas, vimos relembrar os cuidados a ter com burros e mulas, sobretudo os mais idosos e mais débeis. Nos dias frios, esses animais devem ser protegidos com cobrejões, mas não se esqueça de os retirar ocasionalmente, para verificar o estado da pele. Nessas alturas, pode também ser necessário fornecer água morna, de forma a assegurar a ingestão diária de líquidos.
Depois de dias consecutivos de chuva, é essencial garantir que o piso se mantém seco, uma vez que o solo lamacento pode conduzir a problemas de cascos. Esteja também atento às dermatites, mais frequentes na mudança das estações, e às pneumonias, que costumam ocorrer quando as temperaturas são mais baixas.
Quando o tempo soalheiro facilita o acesso ao exterior, não se esqueça de estar atento para que não ingiram bolotas em excesso, o que pode levar a complicações de saúde. Por essa razão, evite que os animais passem demasiado tempo junto a zonas onde haja carvalhos.
Lembre-se que o bem-estar e saúde dos animais é importante e que a prevenção é sempre o melhor remédio.